Como tocar Cavaquinho

Você quer saber como tocar cavaquinho?

O Thiago Luís é outro aluno que também tinha muita vontade de saber como tocar cavaquinho, seja para se divertir com os amigos em casa ou num churrasco, ou tocar numa roda de samba.

Ele queria aprender a tocar cavaco e não ficou esperando o tempo passar, foi logo a procura de aulas que pudesse fazer em sua própria casa.

Aprenda a tocar com aulas de cavaquinho online

O Thiago Luís aprendeu a tocar cavaquinho com o Curso do “Xodó do Cavaco” Alexandre L Lima – Como Tocar Cavaquinho 2.0 (versão anterior deste curso). Com a aula de cavaquinho online ele aprendeu sem sair de casa, usando o tempo que ele tivesse disponível, no seu próprio ritmo.

Veja o depoimento do Thiago Luís:

No Curso de Cavaquinho 2.0 ele já teve acesso a um material completo e organizado, se dedicou e conseguiu o que queria. Aprendeu a tocar e continua aprendendo todos os dias.

Conheça o novo Curso Como Tocar Cavaquinho 3.0 [ Ainda Mais Completo ]

A versão anterior do Curso Como Tocar Cavaquinho ( 2.0 ) que o Thiago havia adquirido já foi um tremendo sucesso. A nova versão 3.0 possui uma didática simples mas ainda mais objetiva que a sua antecessora, e já foi aprovado por milhares de alunos não apenas no Brasil mas em diversos outros países do mundo, já que o curso é online, o seu alcance é enorme.

O curso possui uma grande riqueza de conteúdo e materiais de apoio que vão facilitar muito o andamento do curso, além de 9 bônus incríveis que vão impulsionar ainda mais o seu aprendizado, lhe permitindo aprender cavaquinho em poucos meses o que poderia levar até alguns poucos anos, assim como aconteceu com o Thiago.

Nessa nova versão 3.0 atualizada, o curso ajuda com as principais dúvidas e necessidades dos alunos de cavaquinho, ensinando tudo de forma bastante dinâmica e específica para o seu nível atual, seja iniciante, intermediário ou avançado.

O curso de cavaquinho para iniciante do “Xodó do Cavaco” Alexandre L Lima é 100% online, e o melhor, você pode assisti-lo onde quiser: Computadores, Tablets, Celulares e Smart TVs.

Veja o que você vai aprender com o curso

INTRODUÇÃO AO CURSO

AULA #01 – O Cavaquinho
AULA #02 – Dicas Iniciais
AULA #03 – Posição Das Mãos
AULA #04 – Pedagogia do Cavaco
AULA #05 – Harmonia Melodia e Ritmo
AULA #06 – Escala Numérica
AULA #07 – Exercícios Para Os Dedos ( Solos )
AULA #08 – Formação de Acordes
AULA #09 – Acordes e Preparações
AULA #10 – Palhetadas Iniciais
AULA #11 – Palhetadas De Samba Enredo
AULA #12 – Palhetadas De Banjo.

SOBRE PALHETADAS DE CAVAQUINHO

AULA #01 – Introdução Sobre Palhetadas De Cavaquinho
AULA #02 – Extratégia Palhetadas Com Músicas Fáceis (Dolente) Prática
AULA #03 – Palhetada Inicial (Partido Alto) Prática
AULA #04 – Palhetada (Calangueado) Prática
AULA #05 – Palhetada De (Samba Enredo) Prática
AULA #06 – Palhetada De (Samba e Pagode Floreada) Prática
AULA #07 – Palhetadas Para (Banjo Repicada) Prática.
ESCALAS MAIORES NATURAIS

AULA #01 – Escala de Dó Maior
AULA #02 – Escala de Ré Maior
AULA #03 – Escala de MiMaior
AULA #04 – Escala de Fá Maior
AULA #05 – Escala de Sol Maior
AULA #06 – Escala de Lá Maior
AULA #07 – Escala de Si Maior.

 

Neste site nós vamos apresentar algumas informações e dicas essenciais para você dar o pontapé inicial nos seus estudos. Antes de você pegar o seu instrumento para tocar, é muito importante ficar por dentro dos temas que vamos mostrar a seguir. Então embarque com a gente e seja muito bem-vindo do fantástico mundo do cavaco.

Conceitos teóricos

Se você é um cavaquinista iniciante e começou a aprender há pouco tempo, é muito importante conhecer um pouco sobre os fundamentos teóricos do cavaco.

Ele é um instrumento rico em sonoridade que produz uma base consistente para os outros instrumentos, além de permitir ao músico conduzir uma canção com extrema harmonia.

Muitas vezes o cavaquinho é responsável por ditar o ritmo e comandar diversas músicas de samba e chorinho.

Diferenças entre os cavaquinhos

Os cavaquinhos são produzidos com o mesmo conjunto de peças, no entanto, o tipo de madeira utilizado na confecção é determinante para definir o som do instrumento.

Um cavaco produzido com um compensando de MDF jamais proporcionará a mesma qualidade de um exemplar fabricado com jacarandá ou imbuia.

Este fator é muito importante para você fazer sua escolha no dia da compra. Desconfie de modelos muito baratos, os famosos “xing-ling”. Eles produzem um som inferior e têm uma durabilidade muito menor.

Outro fator que diferencia os cavacos está relacionado à captação do som. Veja como funciona:

Cavaquinho acústico – não possui peças adicionais na estrutura. É indicado para tocar em locais menores e com poucas pessoas.

Cavaquinho elétrico – é equipado com um equalizador e um captador para você ligar o instrumento no amplificador. Indicado para quem toca em locais que demandem um alcance maior do som.

Batidas e posição das mãos

Para tirar uma música no cavaquinho sem errar, você deve seguir a batida exata da composição. A batida determina o ritmo do início ao fim, e pode sofrer diversas alterações ao longo da canção.

O modo mais eficiente para você “pegar” a cadência da batida é posicionando suas mãos corretamente no cavaquinho. Veja como funciona essa técnica para quem é destro.

Mão esquerda

Os dedos da mão esquerda são utilizados para você encaixar os acordes. Eles são classificados da seguinte maneira:

Mão esquerda cavaquinho

  • Polegar – utilizado para apoiar o braço do instrumento
  • Dedo 1 – indicador
  • Dedo 2 – médio
  • Dedo 3 – anelar
  • Dedo 4 – mínimo

É muito importante você posicionar os dedos de modo que eles não fiquem encostados em mais de uma corda ao mesmo tempo. Se isso acontecer, o som ficará “mascado” e a harmonia acorde ficará comprometida.

Mão direita

Cavaquinho mão direita

Já os dedos da mão direita são utilizados para segurar a palheta. Com ela você dá o toque nas cordas e determina a batida da música. Você não precisa pressionar a palheta com muita força. Utilizando o polegar e o indicador, você deve deslizá-la sobre as cordas para cima e para baixo para reproduzir o som satisfatoriamente.

Notas do cavaquinho

As notas do cavaquinho são as tradicionais e conhecidas por todos:

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si

Para reproduzir uma nota, basta você dar o toque em uma das cordas. Tome cuidado para não confundir nota com acorde.

Como tocar os acordes

O acorde é um conjunto de notas. É através de uma sequência de acordes que você reproduz todas as partes de uma música. Os acordes maiores são os mais comuns, e possuem a seguinte classificação:

C = Dó

D = Ré

E = Mi

F = Fá

G = Sol

A = Lá

B = Si

Ao montar um acorde no cavaquinho, você deve se atentar à postura da mão e dos dedos para que o som seja reproduzido da melhor forma possível. Os dedos devem ficar sempre próximos ao traste – nunca em cima dele e nunca muito afastados dele.

Além dos acordes maiores, o cavaco também possui outras variações:

  • Acordes menores (m)
  • Acordes com sétima (7)
  • Acordes sustenidos (#)
  • Acorde em bemol (b)

Dicas para aprimorar suas habilidades

Para você aprender do jeito correto e não se sentir desestimulado, lembre-se de seguir esses conceitos básicos que devem ser exercitados por qualquer pessoa que almeja ser um bom músico.

1. Tenha disciplina

A disciplina é o primeiro passo para você desenvolver seus conhecimentos com o instrumento. Procure fazer todos os exercícios e não pule as etapas de aprendizado.

2. Seja dedicado

Reserve alguns momentos do seu dia para pegar o cavaquinho e treinar alguns exercícios. Mantenha esse hábito sempre, pois ele vai ajudar muito na sua evolução.

3. Tenha paciência

Seja paciente. É importante saber que você não vai começar a tocar várias músicas de um dia para o outro. Você precisa entender a teoria e praticar bastante depois. Lembre-se de respeite o seu nível de conhecimento e valorizar cada evolução, mesmo que seja pequena.

4. Troque conhecimentos

É muito bacana trocar ideias com outras pessoas que estudam o instrumento. É sempre saudável pedir dicas ou solicitar ajuda para um exercício. E também é interessante ensinar algo que você tenha aprendido.

5. Seja espontâneo

Não se preocupe com a reação de algumas pessoas que torcem ao te ouvir tocando no começo. Essa fase inicial exige muitas repetições e pode ser um pouco chata, mas os benefícios lá na frente serão recompensadores. Deixe a timidez de lado e toque o seu cavaco sempre que tiver vontade.

6. Faça um curso

Você pode desenvolver todos os requisitos que falamos acima, mas é extremamente importante ter o acompanhamento de um professor. Com a orientação profissional, a probabilidade de você evoluir no seu aprendizado é muito maior.

Um dos professores mais reconhecidos e respeitados do cavaquinho no Brasil é o Alexandre Lima, conhecido como Xodó do Cavaco. Com formação na Ordem dos Músicos do Brasil (O.M.B.), o Xodó tem mais de 18 anos de experiência no mundo da música.

Ele preparou um curso online onde coloca em prática uma metodologia para os alunos aprenderem todas as técnicas do instrumento de um modo inovador e eficiente. Para conhecer todos os detalhes, clique em Curso.

Clique na imagem abaixo e conheça o Curso Como Tocar Cavaquinho 3.0

curso-cavaquinho-3-0

Summary
Review Date
Reviewed Item
Como tocar Cavaquinho 3.0
Author Rating
51star1star1star1star1star
Como tocar Cavaquinho
Deixe o seu voto!